PNEUAÇO

GOIANO REPRESENTA O BRASIL EM COMPETIÇÃO MUNDIAL DE MÁQUINAS

Estudante do SENAI foi treinado pela CASE para competir no WorldSkills São Paulo 2015, que acontece até domingo,  16 de agosto.

Vinícius Batista Silva tem 21 anos, é aluno do curso técnico de Máquinas Pesadas no Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI) de Goiânia (GO) e está representando o Brasil na Categoria Manutenção de Veículos Pesados do WorldSkills São Paulo 2015, a principal Competição de educação profissional do mundo, que está sendo realizada até o domingo, dia 16 de agosto no Anhembi Parque, em São Paulo.

Ele disputa o título de melhor do mundo na modalidade com outros cinco competidores:  um austríaco, um americano, um canadense, um francês e um suíço. Durante o torneio, eles estão sendo submetidos a provas em máquinas da Case Construction Equipmente em duas tarefas: uma prova de hidráulica na pá carregadeira 721E e uma prova sobre o sistema de climatização na minicarregadeira SR250.

Para representar o Brasil, Silva teve que mostrar ser o melhor na sua área de atuação entre competidores de outros estados e também entre colegas de curso no SENAI em Goiânia. Desde novembro de 2014, Silva está de licença do trabalho, onde atua como mecânico de máquinas agrícolas, para se preparar. Já esteve em treinamento na fábrica da CASE em Contagem (MG) por duas vezes e também na concessionária da marca em Goiânia, a Brasif Máquinas.

“Eu treinei de segunda a domingo, das 7h às 22h. Só parava para almoçar”, afirma Silva, determinado. “Meu objetivo é trazer medalha para o Brasil”.

Em sua 43ª edição, a WorldSkills Competition está sendo realizada pela primeira vez na América Latina e reúne mais de 1,2 mil jovens de 63 países. Todos os competidores têm menos de 22 anos de idade e disputam medalhas em 50 profissões da indústria e do setor de serviços. As provas têm duração de quatro dias e os Competidores são desafiados a alcançar índices de excelência durante a execução das tarefas, que são semelhantes às que realizariam no ambiente de trabalho.

Fonte: segs.com.br

VOLTAR